Língua Portuguesa

DESENHANDO O CÍRCULO MAIOR

Sri Raghavan Iyer – USA

Theosophy SRI 421 b

O Dalai Lama com o autor na "Sala Emerson" do Instituto de Cultura Mundial, logo após falar e responder a perguntas na U.L.T. de Santa Bárbara em 1984 

+++++++

O nome da "Doutrina do Coração" é "Grande Peneira", ó Discípulo. A roda da Boa Lei se movimenta. Ela mói noite e dia. As cascas inúteis são levadas para longe do grão dourado, o refugo é separado da farinha. A mão do Karma guia a roda; as voltas que ela dá marcam as batidas do coração kármico.

                                                                                                                                                                   A Voz do Silêncio 

O ciclo de 1975 continuará precipitando escolhas importantes para indivíduos e sociedades. Quais são os elementos vitais nessa escolha decisiva e quais serão as principais consequências? Na vida de todo ser humano existe uma série de escolhas menores que se somam a uma escolha crucial, mas que geralmente é feita com conhecimento incompleto de sua natureza crítica. Crescer e envelhecer é reconhecer com crescente clareza que todos os eventos no passado tiveram consequências irreversíveis. Portanto, dentro de qualquer filosofia superficial, centrada essencialmente no corpo físico e baseada em uma única encarnação, um senso pessoal de futilidade e fatalismo se aproxima quando o momento da morte chega. Assim como acontece com os indivíduos, acontece com as civilizações. As civilizações estão aptas a conduzir a mais profunda reflexão sobre seu passado histórico em tempos de depressão, por nostalgia autoindulgente ou por pura perplexidade com sua glória passada. Isso obscureceu toda grande civilização em seu momento de declínio. E hoje testemunhamos isso na Europa Ocidental e no clima nostálgico que é intermitente nos Estados Unidos. As civilizações buscam se apegar a algo do passado, e cronistas perspicazes como Toynbee, na Inglaterra, ou Jaspers, na Suíça, sentem que algo deu errado desde antes de 1914, que as sementes do mal-estar de hoje estão no passado. Quando olhamos para esse passado, supomos que muito poderia ter sido evitado: existiram alternativas viáveis e oportunidades foram perdidas. Esse é o triste estado das sociedades, bem como dos indivíduos que, devido à estreiteza de perspectiva e miopia em relação ao futuro, impõem às suas vidas uma dependência ilusória de suas próprias versões, editadas de um passado truncado. Mas sempre que os seres humanos estão dispostos a repensar suas suposições básicas sobre si mesmos, sobre seu passado obscuro e sobre seu futuro nublado, eles não precisam editar. Eles não precisam limitar indevidamente o horizonte de seu olhar.

Read more: DESENHANDO O CÍRCULO MAIOR

Que pena e depois - As Condições da Verdadeira União

Henry Travers Edge

LUCIFER

[Nota do editor: Na série “Que pena.... e depois” um artigo histórico e muito apropriado, escrito por H. T. Edge (1867-1946). Ele foi um estudante pessoal de Helena P. Blavatsky, um autor prolífico em assuntos teosóficos e dedicou cerca de 58 anos de sua vida ao trabalho teosófico. H.T. Edge foi afiliado de longa data da comunidade Point Loma-Covina (EUA)]

+++++++

A harmonia resulta da analogia entre os contrários, diz Eliphas Lévi, e toda estabilidade se baseia tanto no antagonismo como na polaridade. Um ímã só é um ímã em virtude de ter dois polos opostos; sem a presença simultânea de dois corpos diferentes, nenhuma eletricidade é gerada.

Read more: Que pena e depois - As Condições da Verdadeira União

EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Sri Ragahavan Iyer – USA

Spirit 1

O universo é um grande templo.

                 Claude de St. Martin

Os princípios centrais de Theosophia (Teosofia) não são derivados de nenhuma seita antiga ou moderna, mas representam a sabedoria acumulada das eras, a herança não registrada da humanidade. Seu vasto esquema de evolução cósmica e humana fornece a todos o alfabeto simbólico necessário para interpretar suas visões recorrentes, bem como a estrutura universal e o vocabulário metafísico, extraídos de muitos místicos e videntes, que lhes permitem comunicar suas próprias percepções intuitivas. Todos os escritos místicos autênticos são enriquecidos pelo sabor alquímico do pensamento teosófico. A Teosofia é um sistema integrado de verdades fundamentais ensinadas por Iniciados e Adeptos ao longo de milênios. É a Philosophia Perennis, a filosofia da perfectibilidade humana, a ciência da espiritualidade e a religião da responsabilidade. É a fonte primordial de inúmeros sistemas religiosos, bem como a essência oculta e a sabedoria esotérica de cada um. O homem, uma mônada imortal, conseguiu preservar essa herança sagrada através dos esforços sacrificiais de indivíduos esclarecidos e compassivos, ou Bodhisattvas, que constituem uma antiga Irmandade. Eles auxiliam silenciosamente na evolução ética e no desenvolvimento espiritual de toda a humanidade. A Teosofia é a Sabedoria Divina, transmitida e verificada durante eras pelos sábios que pertencem a essa Irmandade secreta.

Read more: EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

LUZ, AMOR E ESPERANÇA

Sri Raghavan Iyer – EUA

SRI 3 yes

O autor  

Primeiro, criou-se a Luz - a primeira emanação do Supremo. E a Luz é a Vida, como afirma o evangelista e o cabalista. Ambas são eletricidade - o princípio da vida, a anima mundi, permeando o universo, o vivificador elétrico de todas as coisas. A Luz é o grande mago Proteano. Sob a vontade divina do arquiteto, ou melhor, dos arquitetos, dos "Construtores" (chamados coletivamente “Uno”), suas múltiplas e onipotentes ondas deram origem a todas as formas e a todos os seres vivos. Do seu peito elétrico, brotam a  matéria e o espírito. Dentro de seus raios jaz o início de toda ação física e química, e de todos os fenômenos cósmicos e espirituais. Vitaliza e desorganiza. Dá vida e produz a morte. A partir de seu ponto primordial, surgem gradualmente a miríade de mundos e corpos celestes visíveis e invisíveis.

     A Doutrina Secreta, i 579  

O mantram metafísico "Luz é Vida e ambos são eletricidade" sugere uma introspecção profunda que é realizada apenas nos níveis mais altos de meditação. Esvazie a mente de todos os objetos e assuntos, todos os contrastes e contornos, em um mundo de nomes, formas e cores, e alguém poderá mergulhar na absoluta Escuridão Divina. Uma vez neste reino de puro potencial, pode-se apreender o númeno oculto da matéria, a substância suprema ou substrato primordial que é a soma total de todos os objetos possíveis de percepção de todos os seres. Ao mesmo tempo, pode-se apreender o Espírito como a totalidade de todas as expressões, manifestações e radiações possíveis de uma energia divina central ou Luz. Naquela Escuridão Divina, o reino de potencial ilimitado em que não existe nada, o amor é como a Luz que está oculta na Escuridão. Essa Luz é a origem de tudo o que está latente, de tudo o que sempre emergirá e persistirá, tudo o que partirá da forma e ainda permanecerá como raios imaculados.

Read more: LUZ, AMOR E ESPERANÇA

Conferência Internacional de Teosofia … Que pena …

Jan Nicolaas Kind – Brasil

NOTA DO EDITOR: O artigo abaixo foi concluído e pronto para publicação algum tempo antes do recente encontro ITC Zoom realizado de 28 de julho a 1º de agosto. Foi decidido publicá-lo após 1º de agosto, a fim de eliminar a falsa noção de que o objetivo do autor era prejudicar esta conferência. O adiamento da publicação possibilitou também a adição ao epílogo de mais um link do YouTube, levando à versão gravada da "palestra de abertura" do líder do TSPL.

Um olhar sobre as Declarações e Propósitos das Conferências Internacionais de Teosofia, seu desenvolvimento, suas atividades e o que deu errado.

The Society Alas 2 gdp1938 001

G. de Purucker (1938)  

Ao nos esforçar por manter a pureza dos ensinamentos do nosso bendito Deus-Sabedoria, não devemos nunca cair na atitude dogmática, que significará a morte da consciência livre, do pensamento livre, da liberdade de expressão, da liberdade razoável e legítima de todos os tipos na ST

G,de Purucker, The Theosophical Forum– Janeiro, 1940

INTRODUÇÃO –  um começo modesto e subsequente

No início, as Conferências Internacionais de Teosofia (ITC), uma iniciativa altamente  ambiciosa, pretendia representar e reunir pesquisadores sem preconceitos de várias correntes teosóficas. Seu principal objetivo era que os participantes aprendessem uns com os outros e, mais importante, derrubassem as barreiras que os separaram por tantos decênios. Assim, a organização, ITC, não se tornaria um instrumento para os Mestres, ocupando-se em apresentar a Teosofia ao mundo por meio dos escritos ou ensinamentos de Helena Blavatsky. Para esse propósito específico, várias sociedades e grupos teosóficos bem estabelecidos e respeitados existem há mais de um século.

UMA VISÃO GERAL

Após cerca de 15 anos de encontros bastante informais e locais, principalmente nos EUA, e sob a orientação de Wiley Dade,  aluno da LUT. A partir de 2008, o ITC começou a crescer em um corpo mais estruturado, com reuniões anuais internacionais bem organizadas, em Haia, Holanda (2010), Julian, Califórnia (2011), Olcott, Wheaton Il (2012) e Nova York ( 2013). Em 2014 ocorreu o  grande salto, quando o ITC realizou sua reunião anual no Centro Teosófico Internacional, em Naarden, Holanda. Este foi, realmente, o 16º encontro do ITC, desde o seu humilde início nos EUA. Ficou especialmente claro que esta reunião na Holanda determinaria o futuro desenvolvimento do ITC.

As reuniões que se seguiram foram realizadas em Haia (2015), Santa Bárbara (2016), Filadélfia (2017), Berlim (2018) e Olcott, Wheaton Il (2019). Devido à pandemia de Covid-19, o encontro planejado em Brasília, Brasil, teve que ser cancelado. Em seu lugar foi organizada uma reunião pelo Zoom.

Read more: Conferência Internacional de Teosofia … Que pena …

Radha Burnier sobre Annie Besant

FOTO 2

Radha Burnier (nome de solteira Radha Sri Ram) (15/11/1923 – 31/10/2013)

Essa linda foto foi tirada em 22 de janeiro de 2013  © Richard Dvořák   

A Índia se lembra de Annie Besant como a impetuosa inglesa, oradora por excelência, teósofa e defensora do Home Rule, que se estabeleceu na Índia, de 1893 até a sua morte em 1933. Poucos, na Índia, sabem do período pré-Índia da vida de Annie Besant, de sua longa associação e adesão ao socialismo, ateísmo e direitos dos trabalhadores e das mulheres; sua coragem e fortaleza intelectual em face da oposição da sociedade vitoriana; e as qualidades de liderança que ela exibiu no que era quase um mundo masculino.

FOTO 3

Annie Besant 

Radha Burnier foi a sétima Presidente Internacional da Sociedade Teosófica, em Adyar, Chennai. Seus pais eram ativos na Sociedade Teosófica e ela desenvolveu um interesse precoce pela Teosofia que, de acordo com ela, "é uma visão universal, não condicionada pela raça ou origem étnica e, que, em geral, defende uma visão muito atenciosa e compassiva de todos os tipos de vida, planta ou animal ...".

Ela formou-se em literatura sânscrita, literatura inglesa e história indiana, na Univerdade Banaras Hindu. Foi, por vários anos, diretora da Biblioteca e do Centro de Pesquisa de Adyar e Secretária Geral da seção indiana da Sociedade Teosófica.

Read more: Radha Burnier sobre Annie Besant

Editorial

Jan Nicolas Kind – Brasil

Ao longo de seus doze anos de existência, a Revista Theosophy Forward endossou a ideia de unidade teosófica por meio do diálogo. Durante o tempo de meu envolvimento com as Conferências Internacionais de Teosofia (ITC), durante as muitas conferências, este pensamento específico, "Unidade Teosófica", era frequentemente um assunto importante.

FOTO 1

No meio, fazendo uma careta, o seu editor, à diretia Gene Jennings (ULT) e Herman C. Vermeulen (TS Point Loma) e, à esquerda, Danson Kiplagat e Carolyn Dorrance (ambos da ULT de Santa Bárbara, Cal.).  Um grupo diversificado de buscadores. Foto tirada durante uma reunião do ITC em Haia, Holanda

Read more: Editorial

Text Size

Paypal Donate Button Image

Subscribe to our newsletter

Email address
Confirm your email address

Who's Online

We have 490 guests and no members online

TS-Adyar website banner 150

EUROPEAN SCHOOL OF THEOSOPHY 2021 Logo

Facebook

itc-tf-default

Vidya Magazine

TheosophyWikiLogoRightPixels