Língua Portuguesa

Série A Nossa Unidade – Uma ponte melhor

James LeFevour – EUA

Sendo um jovem estudante de Teosofia, estive na minha primeira Conferência Internacional de Teosofia há apenas alguns anos. Lembro-me muito bem de uma conversa em particular que tive uma manhã, durante o pequeno-almoço, com outro jovem estudante. Ele era um estudante de Point Loma – Haia, e eu, sendo de Wheaton, seguia mais a linha da tradição de Adyar. Por assim dizer, desfrutámos das comparações entre as nossas notas e de falar das diferenças entre as tradições.

Read more: Série A Nossa Unidade – Uma ponte melhor

Série – A Nossa Unidade

Domen Kočevar – Eslovénia


“Levanta a cabeça, ó Lanu! Vês uma luz ou luzes inumeráveis por cima de ti, brilhando no céu negro da meia-noite?

“Eu percebo uma chama, ó Gurudeva! Vejo milhares de centelhas não destacadas, que nela brilham.

“Dizes bem. E agora observa em ti, e dentro de ti mesmo. Essa luz que arde no teu interior, porventura a sentes de alguma maneira diferente da luz que brilha em teus irmãos humanos?
“Não é de modo algum diferente, embora o prisioneiro continue seguro pelo Carma e as suas vestes externas enganem os ignorantes, induzindo-os a dizer: Tua Alma e Minha Alma.”, H. P. B., “A Doutrina Secreta”, Vol.I, p. 120

Recém-inspirado pela Conferência Internacional de Teosofia e pelo Centro Internacional de Teosofia de Naarden, tentarei pôr em palavras algumas reflexões sobre a Unidade. Dirigimos o nosso pensamento para o futuro, embora não muito distante, de 100 anos. O que seria da Teosofia, como estaria a unidade, o que seria da religião, existiria alguma…? Se formos sinceros no nosso modo de pensar e se nos concentrarmos com a mente calma, aberta e atenta e com poucas ideias preconcebidas (incluindo as teosóficas), podemos ter um vislumbre do Devachan na Terra.

Read more: Série – A Nossa Unidade

A onda crescente da mudança

Boris de Zirkoff – EUA

A Living Philosophy For Humanity
Volume XXXVI
No. 4 (162) - Spring 1980


Foto original (1980) da capa da revista: Dia radioso de Inverno, perto de Davos, na Suíça

No meio da grande luta que está a ter lugar no mundo externo entre o bem e o mal, entre o apelo ao dever nobre em relação à humanidade e a atração pelo egoísmo e pela ganância, as ideias perenialistas da vida espiritual destacam-se numa glória maior quando são projetadas contra as nuvens sombrias do ódio, da violência e crueldade terríveis.

Não confundamos os sintomas vistos abundantemente em todos os lados. O enorme influxo de forças espirituais e intelectuais dinâmicas a partir da sua fonte imorredoura empurra as forças opositoras do materialismo para uma posição desesperada de último recurso, ao longo da linha do pensamento e empreendimento humanos. A onda crescente do pensamento espiritual arranca superstições humanas, agita os charcos da indiferença e traz à luz o que a escuridão esconde.

Read more: A onda crescente da mudança

A pessoa espiritual: o álcool liberta “a besta dentro de nós”.

Muitas vezes, as descobertas científicas refletem as expetativas dos cientistas e do público. Por vezes, ficam lá perto. Noutras vezes, os resultados da investigação simplesmente surpreendem toda a gente.

O caso em apreço é a investigação recente do professor Peter R. Giancola do Departamento de Psicologia da Faculdade das Artes e Ciências da Universidade do Kentucky. Ele e o seu antigo aluno de pós-graduação Aaron Duke encontraram uma inesperada relação entre as crenças espirituais, violência e consumo de álcool.

“De forma muito simplista – em muitos casos quanto mais religiosa uma pessoa é, mais agressiva ela se tornará depois de beber álcool “, disse Giancola.

O investigador definiu pessoa religiosa como alguém que “encontra sentido no sagrado”, independentemente da doutrina que segue.

Read more: A pessoa espiritual: o álcool liberta “a besta dentro de nós”.

Série A Nossa Unidade – A Nossa Unidade Reside na Nossa Busca pela Verdade

Ali Ritsema – Holanda

Buscar a verdade é a missão de cada teosofista, diz H. P. Blavatsky. É a busca pela verdade que devem ter (ou deveriam ter) em comum todos os estudantes de Teosofia e é nesta busca que reside a nossa Unidade.

Tal como expresso no símbolo da Sociedade Teosófica: Satyan Nasti paro Dharma, “A Verdade está além de quaisquer ensinamentos/religiões.”

“Embora não exista qualquer verdade absoluta sobre tema algum, num mundo tão finito e condicionado como é do próprio ser humano, existem verdades relativas e temos que extrair o maior proveito delas”, escreveu H. P. B.. O mais importante para a nossa busca é preparar a nossa mente porque a Verdade universal só pode ser refletida pela nossa consciência espiritual e não pode ser encontrada dentro das nossas capacidades cerebrais. A nossa consciência espiritual é a mente manásica iluminada pela luz de Buddhi, o nosso verdadeiro Eu.

Read more: Série A Nossa Unidade – A Nossa Unidade Reside na Nossa Busca pela Verdade

Text Size

Paypal Donate Button Image

Subscribe to our newsletter

Email address
Confirm your email address

Who's Online

We have 181 guests and no members online

TS-Adyar website banner 150

EUROPEAN SCHOOL OF THEOSOPHY 2021 Logo

itc-tf-default

Vidya Magazine

TheosophyWikiLogoRightPixels