Língua Portuguesa

Mini Entrevistas Lola Rumi

1. Qual é o seu nome, de onde você é, e há quanto tempo é membro da ST?

 Meu nome é Lola Rumi, fui criada no Sul da Espanha, em Sevilha, mas atualmente vivo e trabalho em Madrid.

Em relação à Sociedade Teosófica, tornei-me membro da Loja de Madrid (Seção Espanhola) em setembro de 2013.

2 . Você está ativa na sua Loja / Seção e, em caso afirmativo, o que você faz?

Na verdade, também sou membro do Conselho Executivo espanhol da ST e comecei a dar palestras na minha Loja. Além disso, é meu prazer e paixão estudar a literatura teosófica e tentar compartilhar esses tesouros com as pessoas ao meu redor

3 . Como você informou-se pela primeira vez sobre Teosofia ou entrou em contato com a Sociedade?

Desde que me lembro, sempre me interessei por filosofia, história, ciência, natureza e qualquer assunto relacionado com a compreensão do que percebemos como "realidade" e a mente humana interagindo com tal realidade. Eu também era fascinada com histórias sobre civilizações antigas e a ideia de reencarnação fazia sentido para mim.

Por muitos anos, pesquisei e li muitos livros e, quando eu tinha uns 15 anos, comprei A Doutrina Secreta, volume I, mas naquela época não havia uma seção da ST na minha cidade, nem existia Internet, então não fui muito longe, e assim continuei por vários anos, centrada na minha "vida atual", em meus estudos na Universidade e “tremendamente ocupada” no trabalho como advogada em uma grande empresa de advocacia.

Aprendi sobre a Sociedade Teosófica e a literatura teosófica, em um sentido amplo, fazendo pesquisas na internet sobre a história "espiritual" do século dezenove. Durante os anos anteriores, estive em um período muito difícil da minha vida, e minha busca espiritual tornou-se realmente profunda e ativa. Eu li muito e visitei todos os grupos próximos que tratavam de meditação, budismo, hinduísmo, sufismo, gnose e assim por diante, embora pensasse e “sentisse” que faltava algo muito importante. Além disso, eu estava também bastante desapontada e triste com o materialismo e a "loucura" decorrentes do assunto “Nova Era” que encontrei ao longo do caminho.

Devido à minha decepcionante experiência anterior acerca da Nova Era, quando encontrei a Teosofia, meu primeiro passo foi fazer uma profunda pesquisa sobre a vida e a biografia dos fundadores e líderes do movimento teosófico, já que aprendi a não perder meu tempo lendo livro ou obra de alguém cuja vida não fosse um exemplo vivo. Então pesquisei lendo muitas referências documentadas sobre os líderes e fundadores da ST. As conclusões dessa pesquisa foram perfeitamente claras para mim. Desde então, mergulhei na Teosofia e também encontro uma grande fonte de inspiração, como mulher, nas vidas de HPB e Annie Besant.

4. O que a Teosofia significa para você?

Lembro-me de que o primeiro livro que li foi O Segredo da Autorrealização, de I.K Taimni, e de repente eu soube que tinha diante de mim algo de um nível completamente diferente, a chave de um caminho que fazia sentido, sem a demanda de uma fé cega ou de fantasias, diferentemente de qualquer outra literatura que eu havia anteriormente lido. Desde aquele momento, nunca deixei de me surpreender e de ficar grata à Teosofia, ao Movimento Teosófico e a todas as pessoas que contribuíram para este imenso presente dado à humanidade. Além disso, eu considero que a organização da Sociedade Teosófica é realmente adequada para os seus objetivos, com uma estrutura democrática que nos permite cooperar com a gestão ou fazer qualquer outro trabalho necessário, na medida em que sentimos vontade de fazê-lo.

Percebo profundamente que a Teosofia é um compromisso sério. Devemos estar conscientes desta oportunidade única que nos foi dada para nos transformarmos em seres humanos melhores e nos tornarmos um exemplo vivo da Teosofia em todos os sentidos.

5. Qual é o seu livro teosófico favorito e por quê?

Encontrei grandes ensinamentos e insumos em cada autor clássico e obras do movimento teosófico. Mas se tiver que escolher, eu diria queA Doutrina Secreta estaria no topo, bem como AVoz do Silêncio, de HPB, e Luz no Caminho, de M. Collins.

No entanto, também sou muito fã dos livros de Annie Besant, de I.K Tamni e de algumas das obras de Leadbeater, as quais achei bastante instrutivas no início de minhas pesquisas e estudos.

6. Qual, na sua opinião, é o maior desafio que a ST está enfrentando no momento?

Há muitos desafios, mas gostaria de sublinhar alguns. Penso que é de grande importância manter a Unidade e a Fraternidade dentro da Sociedade, bem como incentivar os membros ou seguidores a serem ativos e trabalharem com entusiasmo, num mundo onde tudo é projetado para nos fazer concentrar no entretenimento e no egoísmo, tornando-nos indolentes e passivos.

7. Existe alguma coisa que você desejaria para o futuro do Movimento Teosófico?

O futuro da Sociedade Teosófica é uma responsabilidade compartilhada por todos os membros. É importante se reajustar a novas questões sociais e técnicas, porém não deixando cair a qualidade e o alto padrão do movimento teosófico. É sempre um desafio encontrar equilíbrio em todos os aspectos do nosso trabalho.

Do meu ponto de vista, é nosso objetivo continuar trabalhando nos objetivos descritos pelos fundadores, pois esses propósitos são atemporais. Como já salientei anteriormente, é muito importante não perder a qualidade e a excelência única dos ensinamentos teosóficos, a fim de satisfazer o "mercado de demanda aparente" que sempre leva para o que podemos chamar de "entretenimento espiritual" de forma a satisfazer o egoísmo humano, o caminho que não requer qualquer mudança ou compromisso pessoal.

Como uma Sociedade e como membros individuais, fazemos o nosso melhor, cometemos erros, mas devemos continuar observando e tentando não ser desencorajados por aqueles momentos em que tudo parece cair ao nosso redor.

Do editor:

As opiniões e ideias expressas nas minientrevistas são exclusivamente daqueles que estão sendo entrevistados. Elas não representam necessariamente as ideias e opiniões dos compiladores do Theosophy Forward. As respostas dos entrevistados não têm seus conteúdos editados. Alguns colaboradores dão respostas curtas às perguntas, enquanto outros abordam o assunto de forma mais elaborada.

Link to English version:

http://www.theosophyforward.com/articles/the-society/2013-mini-interviews-lola-rumi

 

 

Text Size

Paypal Donate Button Image

Subscribe to our newsletter

Email address
Confirm your email address

Who's Online

We have 197 guests and no members online

TS-Adyar website banner 150

EUROPEAN SCHOOL OF THEOSOPHY 2021 Logo

Facebook

itc-tf-default

LOGO ITC

TS Point Loma/Blavatsky House

Vidya Magazine

TheosophyWikiLogoRightPixels