Língua Portuguesa

Psicoterapia “religiosamente integrada” é eficaz para a depressão

Para pacientes crónicos com depressões profundas, uma abordagem com terapia cognitivo-comportamental (TCC), que incorpore as crenças religiosas dos pacientes, é pelo menos tão eficaz como a TCC convencional, sugere um estudo da edição de abril do The Journal of Nervous and Mental Disease. Este jornal é publicado por Wolters Kluwer.

“Integrar as crenças religiosas dos clientes na TCC não parece reduzir significativamente a sua eficácia, especialmente nos clientes religiosos”, escreve o Dr. Harold Koenig e os seus colegas da Duke University Medical Center, em Durham, na Carolina do Norte. Eles acreditam que esta abordagem pode ajudar a tornar a psicoterapia mais aceitável para os pacientes religiosos com depressão e doenças crónicas.

Incorporando as Crenças Religiosas na Terapia contra a Depressão

Os investigadores avaliaram uma TCC religiosamente integrada que “toma em linha de conta e utiliza as crenças religiosas dos clientes”. O estudo incidiu sobre 132 pacientes com doenças crónicas e depressão profunda. Todos os pacientes referiram que a religião ou a espiritualidade eram “no mínimo algo importante” para eles.

Os pacientes recebiam aleatoriamente TCC convencional ou religiosa. Ambas as abordagens incluem amplo conteúdo espiritual, focado no “perdão, gratidão, comportamentos altruístas e compromisso com atividades sociais”. O que tornou a TCC religiosamente integrada algo único foi “o uso explícito das crenças religiosas dos clientes para identificar e substituir pensamentos e comportamentos negativos”, escrevem o Dr. Koenig e os coautores.

A TCC religiosa foi exercida por terapeutas experientes em integrar a religião na psicoterapia. A maior parte dos pacientes eram cristãos, mas alguns receberam TCC religiosa adaptada a outras fés (judaica, muçulmana, hindu e budista). Ambos os grupos receberam dez sessões de terapia, geralmente por telefone.
No final da terapia, a TCC religiosa e a convencional produziram melhorias semelhantes nos níveis de depressão. Outros resultados também foram idênticos nos dois tipos de terapia – por exemplo, cerca de metade dos pacientes em ambos os grupos tiveram uma remissão dos seus sintomas de depressão.

Melhor resposta em pacientes muito religiosos

Pacientes que se identificaram como altamente religiosos tinham de certo modo uma melhoria mais acentuada nos níveis de depressão com a TCC religiosa comparativamente à TCC convencional. Os altamente religiosos também tendem a completar mais sessões de psicoterapia se lhes for administrada a TCC religiosa, em comparação com aqueles que recebem TCC convencional.

“Historicamente, existe pouco em comum entre os conceitos religiosos e psicológicos de doença mental”, escrevem o Dr. Koenig e os coautores. Os profissionais de doenças mentais podem ter atitudes negativas face à religião, enquanto os pacientes religiosos podem ver os tratamentos psicológicos como “insensíveis às suas crenças e valores religiosos.”

A depressão é muito comum entre pacientes com doenças graves, muitos dos quais confiam na sua fé para lhes ajudar a lidar com a sua doença. Os autores acreditavam que a psicoterapia que incorporasse as crenças religiosas dos pacientes pudesse ser particularmente eficaz para esses pacientes.

Os autores fazem notar que o seu estudo limitado não pode mostrar se as TCC convencional e religiosa são realmente tratamentos equivalentes. Contudo, os resultados sugerem que a TCC religiosamente integrada é eficaz para o tratamento de depressões graves em pacientes crónicos “que são no mínimo um pouco religiosos.”

O estudo também sugere que a TCC religiosamente integrada pode ser mais eficaz com pessoas altamente religiosas. A TCC religiosa “pode aumentar o acesso de pessoas religiosas com depressão e doenças mentais crónicas a um tratamento de psicoterapia que de outro modo eles poderiam não encontrar, e aqueles que são altamente religiosos podem mais depressa ser partidários deste tipo de terapia e beneficiar disso”, concluem o Dr. Koenig e colegas.
Fonte: Wolters Kluwer Health: Lippincott Williams and Wilkins
Science Daily: http://www.sciencedaily.com/news/mind_brain/spirituality/

Link to English version:
http://www.theosophyforward.com/mixed-bag/medley/1434-religiously-integrated-psychotherapy-is-effective-for-depression

Text Size

Paypal Donate Button Image

Subscribe to our newsletter

Email address
Confirm your email address

Who's Online

We have 277 guests and no members online

TS-Adyar website banner 150

EUROPEAN SCHOOL OF THEOSOPHY 2021 Logo

Facebook

itc-tf-default

Vidya Magazine

TheosophyWikiLogoRightPixels